Depressão

A depressão é um estado de melancolia, tristeza, infelicidade ou desânimo. Ainda que todos nós passemos as vezes por esses estados, quando tais sentimentos se prolongam, falamos de depressão clínica.

Os sintomas característicos da depressão são:
– estado de ânimo constantemente irritado;
– perda da sensação de prazer ao realizar atividades rotineiras;
– excesso de sono ou o oposto: dificuldade para conciliar o sono;
– mudança radical no apetite habitual, com aumento ou perda de peso;
– sentimento de inutilidade ou culpa não merecida;
– grande dificuldade de concentração;
– velocidade não usual dos movimentos corporais (muito agitados ou muito lentos);
– inatividade e falta de vontade para realizar as atividades rotineiras;
– sentimento de desesperança e abandono.
Muitas vezes junto à depressão, coexistem sentimentos de inutilidade, explosões de raiva e incapacidade de sentir-se bem com atividades que normalmente resultavam prazerosas. Em crianças, às vezes os sintomas clássicos não são observados, motivo pelo qual deve-se ficar atento a mudanças que alterem o rendimento escolar, o comportamento ou os padrões de sono.

São vários os fatores que produzem ou agravam a depressão. Por um lado, existem famílias nas quais a depressão é um transtorno comum. A causa pode ser genética, mas os comportamentos aprendidos também influenciam. Algumas doenças e tratamentos também influenciam na depressão. Alguns exemplos são o hipotireoidismo, o câncer, doenças que causam dor crônica, insônia ou alguns medicamentos, como corticoides.