A Parceria

O Processo de Construção do Relacionamento

O casamento é um processo dialético em permanente construção, que solicita dos parceiros um constante aprimoramento. Uma vez inseridos dentro da díade, o casal vê-se mergulhado numa dinâmica, onde são
solicitados a estruturar a parceria de forma recorrente.

Um relacionamento passa por algumas fases, que se definem de acordo com o momento e a circunstância em que se encontram os parceiros. E cada nova fase, traz consigo alguns desafios que necessitam ser compreendidos. A busca por aprender e realizar tal superação, exige  esforço por parte do casal, para alcançarem o amadurecimento emocional tão necessário para lidar  com os conflitos intrínsecos que surgem no curso de uma relação duradoura.

Cada uma das fases de um relacionamento, traz consigo novos ensinamentos, que ampliam as condições internas e externas do sistema conjugal. Assim como, possibilitam aumentar o conhecimento e o repertório de experiências a respeito do que seja construir uma relação de parceria com resultados funcionais.

Algumas vezes os relacionamentos fragilizam quando se deparam com os conflitos que surgem. E em muitas delas, porque as pessoas criam uma expectativa de que o parceiro irá substituir os cuidados antes recebidos em suas famílias de origem. Uma vez que isto não acontece, sentem-se insatisfeitos, dando início a uma série de cobranças intermináveis. Outras vezes, há o engano de que um relacionamento trata de um processo, mediante o qual duas pessoas convertem-se em uma só, desaparecendo desta forma as necessidades individuais e a própria identidade. Tal equivoco, dificulta uma interação que mantenha preservada a totalidade de cada um dos envolvidos. Esquecendo que o companheiro é antes de tudo uma pessoa com estrutura própria e autonomia.

Numa crise conjugal, pode acontecer de que os parceiros não consigam encontrar uma saída, levando-os a permanecer numa relação enferma. Contudo, aqueles que conseguem enxergar as possibilidades para além das idealizações que construiram a respeito do que vem a ser o casamento e redefinem as próprias expectativas, são capazes de transformar um relacionamento, aprendendo com a própria crise.

******

          “O amor é talvez, aquele processo delicado através do qual eu te acompanho ao encontro de ti mesmo.”
Antoine de Sant- Exupéry