A Família

A relação Pais e Filhos

A família surge com o nascimento do primeiro filho. Diante desta nova experiência, os pais buscam em seus repertórios e conhecimentos, recursos para lidar com seus novos papeis. Imbuídos  desta nova solicitação, muitas vezes  reeditam a sua própria história de família de origem.  Mas, é necessário que saibam que podem também encontrar diferentes saídas para antigos conflitos que ficaram suspensos em sua infância.

Para tanto, é muito importante que os pais busquem compreender melhor suas próprias dificuldades. Para que  tenham a oportunidade de conduzir os relacionamentos com seus filhos de maneiras diferentes.

A função essencial dos pais é ensinar. Desde o momento de desproteção inicial do recém nascido, até que este já adulto, possa cuidar de si mesmo.

No transcorrer do período em que os pais são os provedores, dedicam-se a ensinar aos filhos muitas coisas.  Para auxiliar no caminho de desenvolvimento destes, alguns ensinamentos precisam ser repassados. A terapeuta de família Raquel Soifer, aponta alguns:

  1. Ensinamento dos cuidados físicos;
  2. Ensinamento das relações familiares;
  3. Ensinamento da atividade produtiva e recreativa;
  4. Ensinamento das relações sociais;
  5. Ensinamento da inserção laboral;
  6. Ensinamento das relações sentimentais;
  7. Ensinamento da formação e consolidação de um novo lugar.

    Nas famílias onde as crianças ou adolescentes apresentam algum tipo de sintoma , é comum observarmos que os pais encontram-se em dificuldades, por não terem completado eles mesmos seu próprio desenvolvimento psicológico. A Terapia de Familia possibilita que todos os membros do grupo coloquem-se diante do problema, e façam cada um a aprendizagem necessária, em busca da construção de vínculos afetivos mais harmoniosos. 

Dinalva da Cunha